4.1.16

Dança: Férias Do Ballet

Natália Osipova *-* Amo essa mulher <3
Dezembro e janeiro normalmente são os melhores meses do ano, por causa das férias, mas eu não sabia que o ballet também tinha férias. Como não pensei nisso antes? (Dã). Mas, assim como nas férias da orquestra, tem gente que fica parada, não ensaia nem estuda, e isso é péssimo. Por que quem falou que ballet não tem que estudar/treinar? É só assim que você consegue dançar e fazer coisas muito complicadas, oras!
Vou contar pra vocês o que estou fazendo nessas férias:

Além de alongar, fazer exercícios de abertura, fortalecimento de pé e músculos, tambpem resolvi pegar algumas coreografias, e adivinha: a sapatilha de ponta deixa tudo mais dolorido lindo, mas não é extremamente necessária (isso soa muito confuso, mas vou explicar). Algum tempo atrás, eu fiz a variação do pássaro azul num trabalho de escola, na meia ponta, por que eu ainda não uso sapatilha de ponta, e deu certo. Exatamente a mesma coisa, só que o grau de dificuldade foi relativamente menor, por não ter que subir na ponta.

Pássaro Azul, solista Ana Isabel:


Então, nessas férias, resolvi me aventurar um pouco, e peguei até conseguir (eu consegui!!! *-*) a coreografia do ballet La Bayadere, que também é na ponta, mas deu certinho na meia ponta, além de me ajudar bastante por que aprendi passos e giros:

La Bayadere, entrada de Nikya:


Foi uma coisa que exigiu muito ensaio e assisti esse vídeo até enjoar, mas é assim que se aprende. Ainda não consegui fazer completamente, por falta de espaço aqui em casa, mas consegui decorar a coreografia. Outra coisa que andei treinando foi a dança dos quatro pequenos cisnes, do ballet O Lago Dos Cisnes, eu e mais três meninas da minha aula, pretendemos fazê-la, mas ainda não ensaiamos juntas e não sabemos se vai dar certo, espero que sim!

Quatro pequenos cisnes, Mariinsky Ballet


É bastante complicado coordenar os movimentos dos pés e cabeça dançando sozinha, imagina as quatro juntas e ainda tendo que não pisar no pé da colega? Só Deus mesmo pra ajudar a gente!

Além de ensaiar/ alongar/ pegar coreografias, também andei assistindo alguns ballets de repertório e variações,  o que também é muito bom e ajuda pakas, por que podemos perceber os diferentes movimentos e expressões, e assistir novamente um ballet pela visão de bailarina faz com que você perceba melhor os detalhes. Abaixo, uma sugestão pra você, o meu ballet de repertório favorito, Coppélia:

Primeiro Ato:


Segundo Ato:


Terceiro Ato:


Espero que tenham gostado, e se você é bailarina, me conte suas experiências nos comentários! Beijos e até a próxima!

PS: Eu enjoei do nome "Dance On!", então eu só vou chamar a série de Dança mesmo.

3.1.16

Devaneios: Erros, Mudança e Ano Novo


As vezes as pessoas mudam. As vezes por si mesmas, o que é melhor e mais fácil, outras vezes não é tão fácil assim, precisam acontecer coisas muito grandes e ruins pra que a pessoa veja que precisa de mudança. As situações ruins sempre trazem lições e fortalecer, isso é inquestionável. Mas, por experiência própria, as mudanças impostas por erros são piores. Os erros, na verdade, são ruins, as mudanças as vezes não. Mas, é melhor mudar por si mesma do que por outros. Então, se você é uma pessoa na média, ouça meu conselho e mude a sua vida. A temporada 2016 já começou, estamos no episódio 3 ainda, você pode fazer muita coisa. Mude os hábitos, pare de procrastinar, comece a se preocupar mais com a sua família e com você mesma, procure fazer sempre o melhor, tanto nas obrigações de casa, escola, com tudo. Você será com certeza uma pessoa melhor, e 2016 realmente será um ano melhor e mais bonito, será o seu ano de mudança!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Traficando Brigadeiros - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Aline Silva Lessa.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo