28.11.15

Utilitário: Tabela de Cores

cores, html, layout, tabela, java


Olá!! Hoje é o primeiro utilitário que posto (creio eu). O post é rapidinho, trouxe uma tabela de cores pra te ajudar no seu layout. Essa é a Flex Tool, a mais completa que conheço, e além de ter as cores em HTML, tem em Java também.

Clique aqui para ver.

Beijos!

Projeto 10 DAM: 4° Dia: Coisas que eu faço no meu dia a dia


Hello!! Estamos no 4° dia do projeto DAM, e você que é blogueira, já fez o seu? Se fez, manda link, se não fez, bora! Hoje é o dia das Coisas Que Faço No Meu Dia a Dia. Vou listar dez coisinhas que costumo fazer:

1. Arrumar casa:



Ainda não inventaram uma casa que se limpa sozinha, então alguém tem que limpar. Muita gente enche o raio do saco da mãe pra não ter que limpar, mas ela te limpou por muito tempo e sempre faz muito por você, então toma vergonha na cara, sai desse face e vai arrumar casa!!

2. Ir pra droga da escola:



Minha sala é o pior lugar do mundo. Eu detesto todo mundo, e me parece que se você não é funkeira e beija qualquer um, pra eles você é considerada horrorosa e chata. Queridos colegas da 121, deixem de ser trouxas, abiguinhos. Vocês é que são uns perdedores.

3. Estudo violino:



As vezes é chato. As vezes eu odeio meu violino, as vezes eu amo, por que só ele sabe o que passo em ensaios, e não falo só musicalmente, mas sim sentimentalmente e psicologicamente. As vezes dá vontade de quebrar, mas fazer o que...

4. Danço:



Mesmo quando não estou na aula de ballet ou treinando em casa, eu fico fazendo coisas de ballet, como algumas sequencias que a professora passa ou mesmo alguns movimentos.

5. Ouço música:



Sempre, o tempo todo, eu AMO música. Quem não ama!?

6. Leio:



Sempre que posso (e não posso, tipo na aula). Eu amo ler, dependendo do livro, fico até de madrugada lendo.

7. Desenho:



Animes, croquis de moda, etc, eu adoro desenhar e queria ser estilista.

8. Viajo:



Pego umas viagens muito intensas, principalmente quando não tem nada pra fazer, fico pensando em coisas retardadas que fiz um milhão de anos atrás, coisas não ditas e uma certa pessoa.

9. Fico na internet:



Eu adoro a internet, por que você pode aprender muitas coisas boas, coisas que talvez seriam mais difíceis sem ela, além de poder se divertir e conversar com amigos. Eu não sei o que seria de mim sem ela.

10. Durmo:



Dormir faz bem pra saúde, oras. u.u

Espero que tenham gostado do 4° dia e dos dias até agora. E você, o que faz no seu dia a dia? Beijos!!

27.11.15

Projeto 10 DAM: 3° Dia: Meus Textos Favoritos

Ursinhos

Olá pessoas! Tudo bem? Hoje é o 3° dia do DAM (Days About Me), e o tema é: meus textos favoritos. Tive que pesquisar um pouquinho, por que a maioria dos textos que amo estão em algum livro da Paula Pimenta ou perdidas na internet que li em algum lugar. Como o post é sobre textos, colocarei apenas dois para não ficar cansativo.

1. Amor Completo (Ique Carvalho)



"Em junho de 2013, poucos dias antes do dia dos namorados,minha namorada terminou comigo. Eu fiquei sem entender.
Voltei pra casa e durante todo o caminho me perguntava: “Por que?”.
A única coisa que vinha na minha cabeça era a voz dela dizendo: “Eu amo você”.
Eu passei um mês sofrendo procurando respostas para o que estava acontecendo.
Um dia, entrei no quarto do meu pai chorando e perguntei:
“Pai, ela dizia que me amava.
Então, por que ela terminou comigo?”.
Ele respondeu: “Meu filho, Quando alguém entra na sua vida e depois de algum tempo vai embora, pode ser qualquer coisa menos amor”.
Eu disse: “Não da para entender. Um dia, existe amor e no outro tudo acabou”.
Ele respondeu:“Você nunca vai superar seus traumas se continuar procurando no amor uma lógica. Construa uma nova história”.
Eu perguntei: “E de onde vem essa força pra começar algo novo?”
Ele respondeu: “Não se preocupe com isso. Todo começo vem de um final”.
Uma semana depois, meu pai foi diagnosticado com uma doença rara e degenerativa que iria matá-lo em alguns dias. Minha mãe não o abandonou.
Ela ficou.
Meu pai saia toda sexta para comer pizza com dois irmãos.
Quando ele parou de andar,
meus tios começaram a trazer a pizza aqui em casa.
Eles diziam:
“Sem o seu pai, não tem graça”.
E ficavam a noite inteira dando gargalhadas.
Hoje, meu pai não consegue mais comer.
Mesmo assim, toda sexta meus tios passam aqui em casa.
Meu pai estudou em Ouro Preto-MG.
Na formatura ele combinou com três amigos
de se encontrarem de cinco em cinco anos.
Este ano, meu pai não pode ir porque ele não anda mais.
Os amigos dele saíram do interior de Minas e vieram até aqui em casa.
Todo formando tem uma foto pregada na parede
na república que estudou.
Os amigos do meu pai trouxeram a foto dos quatro.
Pregaram a foto de cada um na parede do quarto e disseram:
“Agora, a nossa república é a sua casa”.
E combinaram que daqui cinco anos estariam de volta.
Meu pai chorou.
Meus pais completaram 47 anos de casados dia 2 de junho.
Eles sempre dançaram nesse dia.
Meu pai não consegue mais se levantar.
Minha mãe entrou no quarto
e colocou a música que eles dançavam.
Ela disse:
“Meu filho, traz a cadeira de rodas”.
Eu perguntei:
“O que você vai fazer?”
Ela respondeu:
“Vou fazer o que seu pai faria por mim”.
Eu busquei a cadeira de rodas.
Minha mãe colocou meu pai na cadeira.
Ela ajoelhou ao lado dele
e disse:
“Vamos dançar”.
Abraçou meu pai e fez a cadeira girar.
Ela ficou ajoelhada a música toda.
Meu pai chorava e ria ao mesmo tempo.
Eles ficaram ali dançando e se divertindo.
Eu voltei pro meu quarto chorando.
Abri o notebook e resolvi escrever esse texto.
Porque eu vejo o mundo distorcendo
ou complicando demais o amor.
Um monte de gente dizendo
fique com alguém que faz isso, que faz aquilo,
que te de isso, que não sei o que mais.
Esse monte de regras e exigências,
são coisas criadas pela cabeça.
E, meu velho, não sei se você sabe
mas o amor é criado pelo coração.
O resto, é ilusão.
Então, acredite.
O amor, amor completo
é quando você quer o outro sempre perto.
Só isso."

2. Adeus, Caro Fantasma (Vicky Rios)



Eu ando bem, espero que você também... é triste pensar que nem a sua existência é certa.
Não vim até aqui para tentar entender o por quê de alguem ter te inventado. Eu só estou aqui para entender o por que eu fui tão burra.
Eu te amei, de verdade. Acredite, eu amei.
Amei cada pedacinho de você.
Por que quando o mundo estava desabando, foi você que eu encontrei como corda para me salvar. Pra fugir dos meus pesadelos.
Como fui ingenua. Você era só um portal para eu me distrair.
Me enchi de planos, de escolhas, de arrependimentos. Me enchi de todo o amor que você me "dava", e me arrependi de ter colhido tanto.
Seu veneno foi amargo, tão amargo que ainda está com o gosto na minha boca. Não sei se você entendeu o que eu quis dizer.
Foi tão cruel o que você fez. Bateu no ponto mais fraco. Mas eu não quero a sua compaixão, muito menos a sua pena.
Nossa historia foi como um livro. Um pequeno livro cheio de desconfianças - que no final das contas, tinham fundamento da minha parte -. Foi uma historia, até bonita... Mas toxica de mais... Não ia durar mesmo. Eu esperava que durasse, que você fosse real, e que me doasse o que eu mais queria... Amor.
Infelizmente, eu me deixei levar por um amor tão estupido e cego, que queimava meus olhos, e me deixava a ponto de me perder em tudo que você fazia.
Quando descobri a verdade, foi como uma faca em meu peito, mas tenho que admitir que não me pegou tão de surpresa assim... eu já tinha uma ideia sobre o que aconteceria no final das contas.
Você, como fantasma, voltaria ao seu caixão, e me deixaria ainda mais afogada em meio as minhas próprias lagrimas. E ao perceber sua lapide, eu me dei o luxo de te esquecer...
Quem dera ter esquecido. Eu não esqueci. Então a cada dia eu escrevo uma carta para você. Sei que ninguém vai ler. E nem se você fosse real, leria. Mas eu escrevo, como se você fosse um personagem apagado do meu livro, e eu quisesse rasgar todas as paginas. Mas não posso. É duro de mais.
Estou escrevendo isso, somente para que quem quer que leia, saiba que eu estou tentando... tentando mesmo, mas é difícil pra mim.
Nosso amor foi como um espelho. Eu vi meu próprio reflexo, e você, que estava do outro lado, não me via. Por isso eu continuo construindo a ilusão de que em algum lugar do mundo... você exista.
Espero que essa seja meu ultimo contato com você... Adeus.

Estes são dois que me marcaram, o primeiro desde que li, e o segundo... está bem parecido comigo ultimamente. Espero que tenham gostado do 3° dia de DAM! Beijos!

26.11.15

Projeto 10 DAM- Dia 2: Os Livros Mais Legais Da Minha Estante


Olá! Continuando a série DAM, hoje é o segundo dia, então vou falar sobre os 5 livros mais legais da minha estante meu baú. Eu tenho 93 livros, mas todos eles ficam num baú, já que ainda não tenho estante. Mas vamos ao que importa!

1. Os Delírios De Consumo De Becky Bloom (Sophie Kinsella)



Eu amo livros Chick-Lit, e ainda mais chick-lit que fale de moda, então eu amei a Becky, apesar de querer dar na cara dela na leitura... Ah, e tem o filme também, mas não tem nada a ver com o livro. Segue resumo:

Rebecca Bloom é uma garota londrina com um péssimo hábito. É uma consumidora compulsiva. Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, não consegue controlar as próprias finanças. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. E ainda encontra tempo para se apaixonar. Um romance muito divertido que faz um retrato de quase todas as mulheres que conhecemos.

2. A Fúria Dos Reis (George R.R. Martin)



É o segundo livro da série As Cronicas de Gelo e Fogo (Game Of Thrones), e é bem grandinho, é uma leitura em que você se perde muito fácil no começo e as vezes dá vontade de desistir, mas vale a pena. É um livro muito bom.
Resumo:

Em A Fúria dos Reis, o segundo livro da aclamada série As Crônicas de Gelo e Fogo, George R. R. Martin segue a épica aventura nos Sete Reinos, onde muitos perigos e disputas ainda estão por vir.
Além dos combates que se estendem por todos os lados, a ameaça agora também chega pelo céu. Um cometa vermelho como o sangue cruza o céu ameaçadoramente. E o caos reina em Winterfell. Dragões ameaçam os Sete Reinos e clãs se dividem em busca de poder. Uma princesa se disfarça como órfã e a magia tenta impedir a força das espadas. Uma terra onde irmão luta contra irmão e a morte caminha na noite fria.
Em A Fúria dos Reis nada é o que parece ser e inocência é uma palavra que não existe. Quando os reis estão em guerra, a terra toda treme.


3. Staying Strong: 365 Dias Do Ano (Demi Lovato)



Esse livro me ajudou muito, várias vezes na minha vida. É um livro realmente muito bom. Eu tenho um certo preconceito com livros de auto-ajuda, mas esse... 
Resumo:

Para a megaestrela Demi Lovato, a vida tem sido uma jornada — de conquistas impressionantes e perdas arrebatadoras.
Cantora recordista de vendas, apresentadora de TV e atriz, ela enfrentou batalhas com a depressão e a dependência, tudo isso sem desistir de encontrar a felicidade e a si mesma. Demi compartilhou sua trajetória na mídia, nas letras de suas músicas e para seus 17 milhões de seguidores no Twitter.
Esses tweets resultaram neste livro, uma obra em 365 insights honestos, esperançosos e impactantes. Aqui estão, nas próprias palavras de Demi, as citações que a inspiraram, assim como suas reflexões pessoais e seus objetivos. Demi Lovato — 365 dias do ano é para todos, em qualquer lugar, que precisem de conforto, inspiração e um motivo a cada dia para serem fortes em sua própria trajetória.

4. A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar (Esther Earl, Lori Earl e Wayne Earl)



Esse também foi um livro que mudou a minha vida, é um dos livros que eu recomendo pra todo mundo. Eu chorei muito lendo ele, mas valeu a pena.

Diagnosticada com câncer da tireoide aos doze anos, Esther Grace Earl era uma adolescente talentosa e cheia de vida. Fazendo jus ao nome, que em persa significa “estrela”, ela marcou todos em seu caminho com sua generosidade, esperança e altruísmo enquanto enfrentava com graciosidade o desgaste físico e mental causado pela doença. Filha, irmã e amiga divertida, alto-astral e inspiradora, Esther faleceu em 2010, logo após completar dezesseis anos, mas não sem antes servir de inspiração para milhares de pessoas por meio de seu vlog e dos diversos grupos on-line de que fazia parte. A estrela que nunca vai se apagar é uma biografia única, que reúne trechos de diários, textos de ficção, cartas e desenhos de Esther. Fotografias e relatos da família e de amigos ajudam a contar a história dessa menina inteligente, astuta e encantadora cujos carisma e força inspiraram o aclamado autor John Green a dedicar a ela sua obra best-seller A culpa é das estrelas.

5. Minha Vida Fora De Série- 1° Temporada (Paula Pimenta)



Foi o primeiro livro da Paula Pimenta que eu li, ele é muito fofo! A história se passa em BH, o que torna a leitura mais interessante ainda (pra quem mora em bh e sabe de todos os lugares onde o livro se passa). É realmente muito fácil de ler, quando você para pra pensar já leu umas 50 páginas, os livros da Paula tem esse poder. E é literatura BR!

Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma. Quem gosta da série “Fazendo meu filme” não pode perder o livro de estreia dessa nova série de Paula Pimenta. Situado no mesmo universo ficcional, temos a oportunidade de acompanhar alguns dos nossos já adorados personagens, três anos antes da história de 'Fazendo meu filme” começar. Não perca a 1ª temporada da vida fora de série de Priscila.

Espero que tenham gostado, e espero que leiam também! Se leu algum, diz o que achou! Beijos e até a próxima!

24.11.15

Projeto 10 DAM - 1° Dia: Músicas Favoritas



Pra mim é impossível ter músicas favoritas, por que cada musica que ouço fez parte de algum momento da minha vida, então eu coloquei aqui as que se destacam mais na minha vida ultimamente.

1. A Noite, Tiê

Te contei tantos segredos que já não eram só meus
Rimas de um velho diário que nunca me pertenceu
Entre palavras não ditas, tantas palavras de amor
Essa paixão é antiga e o tempo nunca passou

2. Ainda Queima a Esperança, Diana

Uma vela está queimando
Hoje é nosso aniversário amor
Está fazendo hoje um ano
Que você me disse adeus
Eu não sei se nessa chama
Ainda queima a esperança
Eu só sei que a saudade
Ainda queima o coração
Meus parabéns agora
E feliz aniversário amor
Estás feliz agora
Depois que tudo acabou
Depois que tudo acabou
Todo dia é o mesmo dia
Toda hora é qualquer hora
Quanto tempo vou viver
Sem esquecer o seu amor

3. Na Sua Estante, Pitty

Só por hoje não quero mais te ver, só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se curam
E essa abstinência uma hora vai passar

4. Eu Não Gosto De Ninguém, Matanza

Não me faça nem um favor.
Não espere nada de mim.
Não me fale seja o que for.
Sinto muito que seja assim.
Como se fizesse diferença o que você acha ruim.
Como se eu tivesse prometido alguma coisa pra você.

5. Heartbreaker, Mariah Carey

Destruidor de coração você tem o melhor de mim
mas eu continuo voltando incessantemente
Ah, por que você tem que executar o jogo em mim?
Eu deveria ter sabido desde o início
Você iria e partiria meu coração

6. Rolling In The Deep, Adele

Nós poderíamos ter tido tudo
Amando incondicionalmente
Você teve meu coração na palma de sua mão
E você brincou com ele
De acordo a batida

7. Broken Hearted Girl, Beyoncé

Você é tudo o que eu achava que nunca seria
E nada como eu pensei que você poderia ter sido
Mesmo assim, você vive dentro de mim
Então me diga como é isso?
Você é o único que eu desejo que pudesse esquecer
O único que eu adoraria não perdoar
E apesar de você partir meu coração, você é o único
E apesar de existirem momentos que eu odeio você
Porque eu não posso apagar
Os momentos que você me machucou
E pôs lágrimas no meu rosto
E mesmo agora, enquanto eu odeio você, me dói dizer
Eu sei que estarei lá no final do dia
Eu não quero ficar sem você, amor
Eu não quero um coração partido
Não quero respirar sem você, amor
Eu não quero ter esse papel
Eu sei que amo você mas me deixe dizer
Eu não quero amar você de nenhuma maneira, não não
Eu não quero um coração partido
Eu não quero ser a garota de coração partido
Não, não, não sou nenhuma garota de coração partido

8. Summertime Sadness, Lana Del Rey

Acho que vou sentir sua falta para sempre
Assim como as estrelas sentem falta do sol de manhã
Tarde é melhor do que nunca
Mesmo se você tiver ido, eu vou dirigir, dirigir

9. Boy, Little Mix

Esqueça aquele garoto, esqueça esse garoto
Sabemos que esse garoto não é bom o suficiente para você
Você está segurando as lágrimas em seus olhos
Esse garoto quer brigar, mas nunca vi ele lutar por você
Ele nunca vai perceber o que ele tem
Até que você vá embora e ele vai te perder para sempre
Garota, você vai ficar bem, esqueça aquele garoto

10. Pé na porta, soco na cara, Matanza

Achou, por bem,
Acabar com o dia de alguém
Então, sendo assim,
Tinha que escolher justo a mim 
 As músicas por si mesmas já explicam o por que das escolhas... Então, por hoje eu acho que foi isso, beijos pra vocês!

22.11.15

Projeto 10 Dam: Days About Me


Olá povo! Tudo bem com vocês? Hoje eu trouxe um projeto bem legal que vi no Chuva & Chá, blog da Vicky Rios (oi! o/). Eu gostei bastante da ideia então resolvi fazer pra vocês me conhecerem um pouco mais.

O projeto consiste em 10 dias sobre minha pessoa, pra vocês me conhecerem um pouquinho mais. Os temas são:
1º Dia - Musicas Favoritas
2° Dia - Livros mais legais da minha estante
3° Dia - Meus textos favoritos
4° Dia - Coisas que faço no meu dia a dia
5° Dia - Minhas Imagens Favoritas
6° Dia - Meus blogs Favoritos
7° Dia - Meus filmes favoritos
8° Dia - Meus objetos Favoritos
9° Dia - Meus Doces favoritos
10° Dia - Meus Hobbies
Então,  amanhã começa a saga do DAM, e se quiser acompanhar, fique ligada no TB. E se você é blogueira e gostou da ideia, faça também, mas não esqueça de deixar o link aqui ^-^. Beijos pra vocês!

20.11.15

Já Acabou Jéssica??- A História Não Contada


Quem ainda não viu esse vídeo, veja agora. E leia essa bagaça também. Cada coisa que aparece na
internet..







Não vou nem falar nada.
Até a próxima.

18.11.15

Sumiço



Então povo, ando muito sumida, eu sei, mas meu note estragou (T-T) e tá meio difícil, mas vou tentar postar por aqui mesmo (pc da minha tia). Teremos novis em breve, espero muito que gostem... Amo vocês! Beijos!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Traficando Brigadeiros - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Aline Silva Lessa.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo