13.10.15

Nada Além do Sangue


Talvez alguma vez você já tenha tido pensamentos auto-destrutivos, achando que não é importante pra ninguém, que se você morresse ninguém se importaria, pois se acha uma pessoa inútil, suja, que só comete erros e nunca faz nada certo, ou que fez algo tão terrível que acha que se isso viesse a tona ninguém iria te perdoar. Talvez tenha dias em que você se sente que ninguém se importa com você, que ninguém te ama, que todos a sua volta te desprezam. Mas existe alguém que te ama. Existe alguém que acredita que você é mais do que as pessoas dizem que é. Existe alguém que te ama, que te quer bem e quer te ver sorrir.

Esse alguém teve seu sangue derramado por você. Ele morreu pra que você não morresse. Você nunca imaginou que alguém pudesse fazer isso por você, não é? Mas Ele fez! O nome dele é Jesus, e ele viveu para nos ensinar lições sobre o amor entre nós e por parte de Deus, que é o maior amor que alguém pode provar. E a prova desse amor foi o sangue, que nos deixa brancos e puros, onde antes só havia sujeira por causa do pecado. Somos todos pecadores, mas quando cremos neste sangue, quando somos lavados nele, nos tornamos mais alvos que a neve. Teremos morte física, mas após a morte, viveremos para sempre com Deus e todos aqueles que experimentam do amor Dele. Seremos livre do pecado  Pra sempre <3.



11.10.15

Inspiração: Jordan Bone


Jordan Bone é uma maquiadora do Reino Unido. Encontrei o vídeo dela por acaso, no Facebook. Abri o link, nem sei por que, e esperei algo de fútil, por que essas matérias com títulos chocantes normalmente não tem nada de realmente interessante, mas ela me surpreendeu. Jordan Bone me ensinou e me fez relembrar de vários valores que não deveria ter esquecido. E esse vídeo pode ser aplicado em várias áreas da nossa vida. Pode ser que as vezes você sinta que nunca vai conseguir fazer algo, mas toda vez que pensar nisso, lembre-se desse vídeo, por que ele virou uma referência pra mim, e espero que pra você também.


Jordan escondia a deficiência dos inscritos de seu canaç, mas muitos a criticavam pelo modo com o qual usa as mãos. Então ela gravou este vídeo não só para revelar o por que do jeito estranho de manusear os itens, mas também para que as pessoas pensem antes de julgar alguém. Eu mesma faço isso várias vezes, principalmente no Facebook, e este vídeo me deu um tapa na cara para repensar antes de repetir esses atos. 

Clique aqui para ver o canal dela.

Espero que o que ela contou tenha tocado vocês assim como a mim. Beijos!

5.10.15

Crônica: Os Pés da Bailarina


Ás vezes dizem que as bailarinas são loucas. Vejo muita gente dizendo que acha ballet lindo, mas que nunca vai fazer por causa dos pés. Nós achamos que essas pessoas são as loucas. Cada marca é uma história, cada calo, hematoma, cada curativo, cada meia ponta-ponta-meia ponta-desce valeu a pena, o que muitos dizem ser feio, para nós é a coisa mais linda do mundo. São as marcas de todas as tentativas, de todos os erros e acertos, da nossa evolução na dança, de objetivos e metas alcançados. É o que nos impulsiona a tentar coisas novas, a nos esforçarmos cada dia mais, a tentar cada passo até acertar. Nossos pés feios e machucados que nos impedem de usar sandálias nos proporcionam muito mais do que um simples par de sapatos aberto. A beleza de nossos movimentos quase perfeitos compensam o aperto, a pressão e as dores da dança, que não são poucas. Mas cada dor representa nosso progresso, e cada uma delas vai continuar sendo aceita de bom grado, por que a dor nos move a tentar cada vez mais, até que os movimentos fiquem perfeitos e não doam mais.

Beijos!

3.10.15

Who's That Girl? It's Jess!


Hey Girl! Como está? Hoje, vim falar de uma série super fofa que assisti esses dias: New Girl. Ela conta a história de Jess (Zooey Deschanel), uma garota meio infantil, mas muito fofa que foi traída pelo namorado e resolveu sair do apartamento da amiga Cece, e dividir um apartamento com três caras que conheceu pela internet: Nick, um barman; Schmidt, um conquistador profissional, e Winston, um ex-jogador de basquete. A série é exibida pela Fox, mas você pode baixar ou assistir pela net mesmo: Baixar|Assistir


Adoro essa abertura *-*.
O post foi rapidinho, sou péssima pra resenhas, mas a série é muito legal e espero que goste! Até a próxima, beijos!

2.10.15

#2 Dance On!: Minhas Inspirações


Em todas as áreas da vida, sempre tem alguém que nos influencia ou usamos como modelo. Na dança não é diferente, queremos dançar como Fulana, ter a elasticidade de Sicrana ou o carisma e presença de palco de uma outra. Vou listar as minhas inspirações da dança.

#1 Svetlana Zakharova:


A maioria das dançarinas se inspira nela, também, uma das bailarinas mais bem pagas do mundo, estudou numa das melhores instituições de dança do mundo e é famosa. Quero ter a elasticidade e força dela, e o salário.



#2 Misty Copeland:


Essa moça é uma Katniss da dança. Ela não incitou uma rebelião, nem nada do tipo, mas ela é um símbolo de força e vitória para muitas meninas. Foi a primeira mulher negra a se tornar dançarina principal do ABT, além de ter esses músculos de dar inveja e dançar maravilhosamente bem, ela nos mostra que se você se esforçar e der sempre o seu melhor, nem esteriótipos, nem o preconceito, nada pode te parar.



#3 Polina Semionova:



Por algum motivo eu sempre lia o nome dela como Polaina Seminova (menos, Aline, menos). Minha amiga Drielly me mostrou um vídeo dela (esse ai em baixo) uma vez, e a dança dela é maravilhosa. Quero ter um dia a atitude dela no palco, tem carisma e pose de diva, apesar de todas as dores que ela deve ter sentido por que dança também é dor- e muita!


#4 Ciely (minha prof!):



"...E échappé, échappé, relevê, linda, loira e diva." - Ciely Lispector
O que dizer dessa criatura que senta nas minhas costas, amassa meus pés e me faz sentir muuuita dor, mas que eu amo demais, apesar de conhecer a tão pouco tempo??  Prof, além de estar me ajudando a emagrecer, a melhorar a postura, a sentir dor (:p) e a ser elástica, está me ajudando a realizar meu grande sonho que é a dança! Obrigada, amore! Desejo pra você o salário da Svetlana, o sucesso da Misty e muito mais!

#5 Natalia Osipova:


Sem palavras pra essa mulher! A primeira bailarina que me fez assistir um ballet de repertório inteiro e a amar essa arte que é a dança. Amo demais!


São essas na dança, mas tenho muitas outras em várias áreas. Quais são as suas?? Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Traficando Brigadeiros - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Aline Silva Lessa.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo