17.1.17

Estreias do Cinema em Janeiro


Prepare o bolso por que o cinema em 2017 está cheio de filmes maravilhosos! Confira as estreias de janeiro aqui: 

5 de janeiro



  • Moana 
  • John From 
  • Dominação 
  • Passageiros 
  • Eu, Daniel Blake 
  • O Apartamento 
  • Sete Minutos Depois da Meia-Noite 


12 de janeiro



  • Assassin’s Creed 
  • Mistério na Costa Chanel 
  • Eu Fico Loko 
  • Nojoom, 10 anos, divorciada
  • A Criada 
  • Assim que abro meus olhos 


19 de janeiro



  • La La Land - Cantando Estações 
  • Os Penetras 2 – Quem dá Mais? 
  • XXX – Reativado 
  • Manchester à beira-mar 
  • Saltimbancos Trapalhões
  • Robert Doisneau – O Maior Fotógrafo do Século 
  • Axé: canto do povo de algum lugar 
  • O Grande Dia 
  • 26 de janeiro
  • O Ídolo 
  • Max Steel 
  • Beleza Oculta 
  • Quatro Vidas de Um Cachorro 
  • Resident Evil 6 – O Capítulo Final 
  • A Bailarina 
  • A Espera 
  • Até O Último Homem 
  • A Morte de Luís XIV 
  • Paraíso
Fonte: Guia da Semana

16.1.17

Dance Academy


A série se passa na Austrália, e a protagonista é Tara Webster, uma bailarina que foi aceita na Academia Nacional de Dança e precisa lidar com a pressão da senhora Raine, professora de ballet, das lesões, dos colegas,  da paixão por Ethan Karamakov (na primeira temporada você vai ter vontade de socar a cara dela por que ela age como uma completa idiota, mas depois ela melhora um pouco, juro!) e ainda com a concorrente mais forte, Abigail Armstrong . E se você odiava a Abigail, vai começar a amar ela na segunda temporada, com a chegada de Grace, uma excelente bailarina, mas um lixo de pessoa, claro que explorando também um pouco do psicológico dela, com os problemas familiares e o ódio mascarado pela Tara (ela é bem falsa).



O legal é que você vai acompanhando o amadurecimento dos personagens ao longo da série e das dificuldades, e claro, mais sobre o mundo da dança e os diversos problemas, como os desafios naturais que se tem que superar, como altura, ou os desenvolvidos por pressões externas, como a anorexia. A grande cobrança por perfeição e o medo dos veteranos de perderem seu lugar para os novos talentos também é mostrado na segunda temporada com a aparição de Saskia Duncan, uma bailarina prodígio da Companhia que causa muitos problemas, especialmente para Tara. Aliás, essa temporada é bem cheia de reviravoltas. Se você, como eu ama o mundo da dança, também vai gostar muito de Dance Academy.



Onde assistir?

No Netflix tem todas as três temporadas da série, mas você também pode baixar pelo site Universe Séries (confiável, eu uso ele bastante) clicando aqui.



Assista ao trailer do filme que sai ainda esse ano abaixo:


12.8.16

Treinando Idiomas Com Música Gospel

Foto: Cleide Aguiar Fotografia, clique aqui para conhecer o trabalho maravilhoso dela.
Quem disse que idiomas só se aprende em curso? Eu mesma aprendi a maior parte das coisas que sei em Inglês e Espanhol jogando e ouvindo música, só uma pequena partezinha foi em aula. Como a minha professora de espanhol adora falar, você só aprende outro idioma ouvindo alguém que fala, e a música é uma excelente ferramenta pra aprender pronuncia e treinar o idioma. 

1. En La Cruz - Hillsong é a versão em espanhol de Diante da Cruz, que tem sua versão em português cantada pela Aline Barros

2. Aisareteiru - Samy Igarashi, Me Ama do Diante do Trono em Japonês

3. Espiritu - Manuel Rodriguez "Santo Espirito és bem vindo aqui, vem inundar e encher esse lugar..."

4. Wake - Hillsong (em inglês) também tem uma versão em português, cantada pela Gabriela Rocha.

5. Вознесённый Агнец Божий - Слово жизни (que?) é Canção do Apocalipse em Russo

6. Gadol Elohai - Joshua Aaron é Quão Grande é Meu Deus em Hebraico

7. Strom des Lebens - Vor Dem Thron é um projeto do Diante do Trono em Alemão

8. Communion - Third Day é um louvor maravilhoso em inglês

9. Jesu Ke Matla - Rebecca Malope, é considerada a rainha do gospel em africano por sua voz potente e marcante

10. Alléluia - Embrase Nos Coeurs "Aaleluiaaaa" para falantes, estudantes e amantes de francês

11. Por Siempre -Isaac Moraleja "Pra sempre, exaltado é, pra sempre, adorado é...

12. Resuscitami - Sara Adamo, Ressuscita-me, também da Aline Barros em Italiano

Espero que tenham gostado, beijos e até o próximo post!

10.4.16

Personalizando o Post-Footer



Algumas personalizações deixam o blog mais bonito e profissional, e hoje vou ensinar a mexer no Post Footer, que é o finalzinho do post, onde ficam o autor, número de comentários, etc. O primeiro passo é remover algumas coisas que além de inúteis tornam o blog feio.

1° Abra o painel do seu blog> Layout> Main> Editar. Vamos mexer em alguns itens na janelinha que abrir.

Opções da página principal

Número de postagens na página principal: 7  
Deixe como está ou mude para até 5 posts, para não ficar muito pesado pra carregar.

Texto do link da página de postagem: Mais informações »  
Eu prefiro alterar para Leia Mais ou personalizar com imagem.

Todos os itens destacados acima estavam marcados, desmarque-os e salve. Agora dê Ctrl+F e pesquise por:

.post-footer {

Você irá encontrar o seguinte código:

.post-footer {
  margin: .5em 0;
  line-height: 1.6;
}


Agora é só escolher o modelo que mais gosta e substituir os códigos. 

Modelo 1



.post-footer {
background: #FFFFFF;
color: #333333;
border-top: 1px dotted #000; /* Estilo da borda */
border-left:3px solid #000;
border-bottom: 1px dotted #000; /* Estilo da borda */
border-right:3px solid #000;
-webkit-border-radius: 5px;
-moz-border-radius: 5px;
border-radius: 5px;
margin:0.73em 0;
padding:3px 3px;
}

Modelo 2


.post-footer-line-1{
border-top: 1px solid #A3A2A2 ;
border-bottom: 1px solid # A3A2A2 ; /* Estilo da borda */
text-align: center;
}
.post-footer-line-2{
border-top: 1px solid #A3A2A2 ;
border-bottom: 1px solid # A3A2A2 ; /* Estilo da borda */
text-align: center;
 }

Modelo 3



.post-footer {
background: #FFFFFF;
color: #333333;
border-left:3px solid #8FC5CB;
border-top:1px solid #8FC5CB;
border-bottom:1px solid #8FC5CB;
border-right:3px solid #8FC5CB;
-webkit-border-radius: 5px;
-moz-border-radius: 5px;
border-radius: 5px;
margin:0.73em 0;
padding:3px 3px;
}
.post-footer:hover {
border-left:3px solid #000;
border-right:3px solid #000;
border-top:1px dotted #000;
border-bottom:1px dotted #000;
}


Modelo 4


.post-footer {
background: #FFFFFF;
Border: 3px outset #8FC5CB;
}

Então é isso, espero que tenha sido útil pra vocês. Provavelmente teremos uma segunda parte com outras personalizações, então fiquem ligados. Beijos.

9.4.16

Resenha: Perdido em Marte


Minha irmã ama tudo o que seja relacionado a astronomia, e adora quando tem um filme sobre. Ela estava vendo um filme qualquer na TV sobre astronomia (não me importa se a Terra gira em torno de um jardim ou um ursinho de pelúcia, Sherlock me representa), e esse filme era Perdido em Marte. Me interessei e assisti, e me apaixonei.

Eu realmente acho que ele não teve o destaque que mereceu no Oscar, já que Mad Max levou quase todas as estatuetas e o grande segundo foco era O Regresso, mas fazer o que. Ele não é aquele tipo de filme demorado e complicado sobre astronomia (vulgo Interestellar), é interessante e bem humorado, o que ganha vários pontos comigo. Aliás, zoeira é o que não falta no maravilhoso mundo da internet:


Pois bem, meus comentários a parte, vamos a ficha técnica:

Título Original: The Martian
Nota: ♥♥♥♥♥
Ano: 2015
Direção: Ridley Scott
Baseado em: The Martian, livro de Andy Weir
Gênero: Ficção científica
Sinopse: O astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é dado como morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra.


Trailer:


Achei essa sinopse muito vaga, vou falar um pouquinho dele. ATENÇÃO: PODE CONTER SPOILER. NÃO DIGA QUE NÃO AVISEI. SPOILER, POIS É. Como todo filme de ficção científica tem uma tempestade, Perdido em Marte não poderia ser diferente. E é por causa dela que tudo começa, quando ela ameaça ficar mais forte do que o VAM poderia suportar, a equipe da Ares III é forçada a abortar a missão, e enquanto eles abandonam o HAB para chegar até o VAM e sair de Marte, o astronauta Mark Watney é atingido por uma torre de comunicação e some em meio a escuridão do planeta vermelho. A antena perfura seu traje e atinge um sistema importante, o que faz com que ele seja dado como morto.

Filme bonito...

A equipe parte achando que Watney estava morto, no entanto ele acorda algum tempo depois, com seu traje apitando a perda de oxigênio. É ai que os problemas começam, ele está sozinho num planeta deserto e a ajuda está a 225 milhões de  km de distância, então ele tem que se virar pra conseguir sobreviver num planeta em que nada cresce, com pouca água e se qualquer coisa der errado, ele morre. Por sorte, Mark é botânico e criativo, e com alguns cálculos, fita adesiva e fezes ele consegue se sair bem, mas por quanto tempo? Enquanto sobrevive, ele busca uma maneira de fazer contato com a Terra.

O Maravilhoso Mundo da Internet

Enquanto isso, na Terra todos acham que ele está morto, e até mesmo homenagens foram feitas a sua morte, mas uma garota que trabalha no SatCon, Mindy Parker descobre que ele está vivo analisando as imagens do satélite, o que muda tudo. Essa informação coloca toda a Nasa pra trabalhar no resgate de Mark, inclusive tendo que surrupiar peças de outras missões (oi propulsor de Saturno) e trabalhando em parceria com programas espaciais de outros países. Com o socorro a todo vapor aqui na Terra, finalmente Mark consegue estabelecer contato com a Nasa, através da Pathfinder, um equipamento antigo de contato, e logo consegue descobrir como consertar o equipamento para mandar emails. E se quiser saber tudo, assista ao filme clicando aqui!!!

Playlist: Trilha Sonora do Filme

A trilha sonora é basicamente composta por musicas disco, que Mark encontra no notebook da comandante Lewis, o que eu achei ótimo pois já gostava desse tipo de música, e agora achei novas, graças ao filme. Se você reparar os comentários dos vídeos, verá que não foi só comigo, várias pessoas encontraram as músicas por causa do filme.



Bônus: Versão brasileira de Starman: O Astronauta de Mármore - Nenhum de Nós



Além do filme, também tem o livro que é de onde ele foi tirado. Estou lendo atualmente, e estou amando. Vi o filme primeiro e isso não mudou minha opinião acerca do livro como foi com Um Amor Para Recordar (prefiro o filme). O livro é de Andy Weir, leia! Até o Chris Hadfield, Comandante da Estação Espacial Internacional leu e gostou!


Espero que tenham gostado e que assistam ao filme, e você que já assistiu me diz o que achou nos comentários. Beijos e até o próximo post!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Traficando Brigadeiros - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Aline Silva Lessa.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo